Analiticamente Incorrecto
2006/03/16
  Portugal vai “abrir” as suas fronteiras
O MNE Freitas do Amaral informou que a partir do dia 1 de Maio, Portugal vai abrir as suas fronteiras a trabalhadores oriundos dos 10 novos países aderentes à UE.
Quando a União Europeia se alargou a 25 estados, 12 dos 15 países que já faziam parte UE15, aplicaram restrições à livre circulação de trabalhadores desses 10 novos países. Tendo em vista a protecção do seu mercado de trabalho interno. A Alemanha, a Áustria e a Bélgica já afirmaram que vão
prorrogar estas restrições. Por seu lado Portugal, a Finlândia e Espanha vão eliminar as mesmas, a partir do dia 1 de Maio de 2006.
O ministro afirmou ainda que estes emigrantes, em especial pessoas com elevada formação, vão incrementar a economia e o crescimento social do nosso país. Segundo ele "It is what we need most”.
.
A minha única duvida é se depois temos trabalho para dar a essas pessoas, ou vêm somente para aumentar ainda mais as listas do desemprego. Afinal elas são aquilo que mais precisamos.
.
Adenda : Zapatero asegura que se crearán 700.000 nuevos empleos en España durante este año
 
Comentários: Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]





<< Página inicial
Qualquer análise tem um ponto de vista incorrecto, mesmo não demonstrado, mesmo sem formas de entendimento.

Nome:
Localização: Sobral de Monte Agraço, Estremadura, Portugal
Arquivos
Abril 2005 / Agosto 2005 / Setembro 2005 / Outubro 2005 / Novembro 2005 / Dezembro 2005 / Janeiro 2006 / Fevereiro 2006 / Março 2006 / Abril 2006 / Setembro 2006 / Dezembro 2008 /


Powered by Blogger

Subscrever
Mensagens [Atom]