Analiticamente Incorrecto
2006/02/21
  "o sr. Amaral disse coisas muito boas e muito lógicas"
István Ojeda, Jornalista Cubano, Redactor do Periódico 26, dono do blogue Cuba: Periodismo Alternativo escreve na Rebelión a defesa do racionamento alimentar em Cuba como forma de "Garantía de la seguridad alimentaria".

Eu gostaria de perguntar ao senhor
István Ojeda, quantas senhas de manteiga e de pão é que o senhor recebe por dia?
 
Comentários:
A imposição de qualquer forma de racionamento alimentar é a confissão acabada do falhanço de um regime económico... Mas Fidel é ainda muito popular. A população cubana ainda não o responsabiliza pela situação caótica (e provavelmente nunca o fará). Neste aspecto, o famoso e velho Bloqueio americano serve exactamente os interesses do regime. É uma estupidez que este se mantenha. Ou será que os EUA não aprenderam nada no Iraque? Quando impuseram um bloqueio feroz ao Iraque de Saddam quem o pagou? O exército e o grupo de Saddam ou a população? E que efeitos teve esse bloqueio na popularidade do Ocidente?
 
Amigo Rui Martins, a situação de Cuba interessa aos Americanos e ao Fidel. Só não interessa aos cubanos que não comam do regime. Esses vão para as prisões.
 
Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]





<< Página inicial
Qualquer análise tem um ponto de vista incorrecto, mesmo não demonstrado, mesmo sem formas de entendimento.

Nome:
Localização: Sobral de Monte Agraço, Estremadura, Portugal
Arquivos
Abril 2005 / Agosto 2005 / Setembro 2005 / Outubro 2005 / Novembro 2005 / Dezembro 2005 / Janeiro 2006 / Fevereiro 2006 / Março 2006 / Abril 2006 / Setembro 2006 / Dezembro 2008 /


Powered by Blogger

Subscrever
Mensagens [Atom]