Analiticamente Incorrecto
2006/02/23
  O descaramento da pedofilia
Um pouco mais aliviado dos encargos académicos urgentes, posto.
Desde que neste blogue se compreendeu a dimensão e relevo da rede pedófila de controlo do Estado e, por isso, se começou a escrever com frequência, e sem receio, sobre o assunto e a necessidade de defesa das crianças abusadas que, várias vezes ao dia, independentemente do tema postado, tarados se dedicam, através de heterónimos e IPs vários, a insultar o seu autor e os denunciadores e investigadores da rede. Duarante 23 meses aguentei, sem ter censurado uma só mensagem, proferida em minha casa (a caixa de comentários deste blogue). Durante esses longos meses suportámos Saridons e heterónimos quejandos, sempre explicando de uma forma que queria pedagógica que não eram bem-vindos a este blogue, mas insistiam. Há poucos meses decidi que não podia colocar os defensores nas crianças no mesmo nível de sacrifício que a mim próprio exigia. Comecei a eliminar os insultos e a banir os IPs dos heterónimos porcos, mudados com a regularidade que só a tara explica, com frequência dos mesmos IPs saltitantes.
Todavia, porque nem todos os leitores consultam a caixa de comentários - apesar do relevo que o 24 Horas na capa lhe deu há tempos!... - trouxe há dias aqui o grau de loucura do nojo pedófilo, copiando um comentário de um tal José António Fonseca colocado nesta caixa de comentários.
O comentário do tarado:
"Gostam e são bem remunerados. Se doesse muito iam para a estiva.
"José António Fonseca Homepage 17.02.06 - 3:18 pm
IP: 213.22.29.9
a213-22-29-9.cpe.netcabo.pt
Depois de ver a prova da loucura de defesa da pedofilia escarrapachada no corpo do blogue, e pedindo desculpa da linguagem que aqui publico, o tarado reagiu assim:
"Ó Balbino.
Sou pai, sou avô.Faço hoje 35 anos de casado.
Venho de um belo jantar de família.
Cunhados, sobrinhos, filhos, netos, etc.etc.
Se me fazes passar dos carretos um dia vou a Alcobaça e parto a merda do Mosteiro todo e os carvalhos que tu tanto prezas.
Se pôes o pé na argola tenho todas, todas as minhas postas fotocopiadas, bem como todas as dos teus camarilhas com opiniões, ofensas, insultos, ameaças, etc.
E não venhas cá ladrar com os heterónimos, parónimos e cagalhónimos que é o que vocês usam à fartazana como códigos; Marvão ? Janas ?
Vão bardamerda e estou a ser muito fino.
Mas és funcionário público e um dia se me apanhas com azia fodo-te.
E agora difunde esta merda pela blogosfera que eu desmascaro-te, meu chiça-porco!
"José António Fonseca Homepage 20.02.06 - 11:21 pm IP: 81.84.26.122
Os leitores conhecem-me e sabem como sou. Fico à espera deste José António Fonseca em Alcobaça.
O Ministério Público, que me buscou a casa e acusou, e que, admito, lê regularmente este blogue, não parece ter-se condoído com as ameaças que aqui surgiam. Nunca foi abordado por ninguém do Ministério Público ou da Polícia Judiciária para fornecer elementos sobre as ameaças públicas recebidas, insultos e calúnias, contra mim e defensores das crianças, como magistrados, polícias, jornalistas, casapianos, etc. Presumo, portanto, que esta receba o mesmo tratamento. Em Portugal, ao contrário da esmagadora maioria dos países da Europa e do mundo, não são os pedófilos que são perseguidos pela polícia e tribunais, quando difundem fotografias de abusos pela Internet, mas os pedófilos que, com cobertura política e mediática, perseguem polícias, magistrados e defensores das crianças, caluniando-os e ameaçando-os de morte...
Não prestam atenção as polícias e os tribunais, mas ficam a saber os leitores, os quais estão atentos aos ataques da rede. Estamos, no Portugal do terceiro milénio, nesse nível de protecção.
Ontem, um leitor, que não conheço, teve a coragem de ajudar a esclarecer melhor este flanco de ataque aos defensores das crianças, deixando na caixa de comentários estas informações que convosco partilho:
"Senhor António, descobri o seu blogue por acaso e ia desmaiando de indignação: sou funcionário da Casa Pia de Lisboa há mais de 30 anos e conheço bem as tropelias e crimes deste bandido que dá pelo nome de José António Fonseca.É um conhecido pedófilo, que ainda nos inícios da década de 70 foi sovado pelos alunos mais velhos por ter abusado de um aluno interno, com apenas 11 anos. Como pode o senhor permitir que ele escreva no seu blogue? Esse escarro devia estar preso.
"Marcelino Rebelo 22.02.06 - 6:00 pm #
--------------------------------------------------------------------------------
"Esse José António Fonseca retornou mais tarde à Provedoria frequentes vezes, sempre acompanhado por um alegado jornalista (muito amigo do ex-provedor)de nome Van Krieken. Ficavam lá em reuniões intermináveis e chegaram a obter financiamento, no montante de milhares de contos, para uma revista de que apenas saiu o número zero. Como pode o senhor deixar que ele escreva no seu blogue?
"Marcelino Rebelo 22.02.06 - 6:04 pm #
Agora, este comentador fica informado das agruras que eu e os comentadores residentes e ocasionais do blogue, além dos sacrificados defensores públicos das crianças da Provedora Catalina Pestana, aos magistrados João Guerra e Rui Teixeira e procurador-geral Souto de Moura.E ficam os leitores avisados sobre a identidade e comportamento dos amigos da rede. Não temos medo. Nem nos intimidam, nem param. A luta pela liberdade, pela justiça, pela dignidade do Estado, pela democracia directa continua.
Após anos de micro e macro-causas, não será esta uma causa maior para que toda a blogosfera se una em prol da verdade? Não deveria o blogue Do Portugal Profundo ser apoiado pelos famosos “spin-doctors” blogosféricos?
 
Comentários:
Devia pois. Mas estes estão demasiado ocupados a olharem para os seus próprios umbigos...
 
Obrigado, Paulo, pela solidariedade. Mas, como sabe - todos sabem!... - em Portugal é politicamente incorrecto atacara pedofilia...
 
Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]





<< Página inicial
Qualquer análise tem um ponto de vista incorrecto, mesmo não demonstrado, mesmo sem formas de entendimento.

Nome:
Localização: Sobral de Monte Agraço, Estremadura, Portugal
Arquivos
Abril 2005 / Agosto 2005 / Setembro 2005 / Outubro 2005 / Novembro 2005 / Dezembro 2005 / Janeiro 2006 / Fevereiro 2006 / Março 2006 / Abril 2006 / Setembro 2006 / Dezembro 2008 /


Powered by Blogger

Subscrever
Mensagens [Atom]